Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em coletiva em Caracas, em 17 de outubro de 2017

(afp_tickers)

Os Estados Unidos condenaram nesta quinta-feira o governo venezuelano de Nicolás Maduro por exigir que os governadores recentemente eleitos prestem juramento à Assembleia Constituinte, não reconhecida por Washington e pela oposição.

"Os Estados Unidos condenam a última ação antidemocrática do governo venezuelano: exigir que os governadores recém-eleitos se submetam à ilegítima Assembleia Constituinte para assumir o cargo.

"O uso desta instituição ilegítima e paralela para tomar o controle das autoridades constitucionais do país é alarmante", destacou o departamento americano de Estado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP