Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Combatentes curdos na linha de frente, em Makhmur

(afp_tickers)

O governo dos Estados Unidos está entregando armas às forças curdas que lutam contra os jihadistas dos Estado Islâmico (EI) no norte do Iraque, anunciou o Departamento de Estado.

"Colaboramos com o governo iraquiano para enviar armas aos curdos, que precisam bastante. Os iraquianos procuram armas de seus arsenais e nós fazemos o mesmo, proporcionamos armas de nossos arsenais", afirmou à CNN Marie Harf, porta-voz da diplomacia americana.

Harf revelou que a cooperação começou na semana passada, mas não explicou qual ministério ou organismo americano é responsável pela entrega nem quantas armas ou que tipo de armamento foi enviado.

Washington tem um consulado em Erbil, a capital da região autônoma do Curdistão iraquiano. O apoio aos curdos complica as relações do governo americano com o governo de Bagdá, que mantém uma relação tensa com os dirigentes da região.

Mas Harf insistiu que os dois lados estão lutando juntos para deter o avanço dos jihadistas.

"Observamos um nível de cooperação sem precedentes entre as forças iraquianas e as curas. É algo que não existia no passado, ambos estão se ajudando", afirmou a porta-voz.

AFP