Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(29 ago) Telão em Tóquio exibe a trajetória do míssil norte-coreano

(afp_tickers)

O exército dos Estados Unidos interceptou um míssil de médio alcance no litoral do Havaí nesta quarta-feira, um teste bem sucedido-sucedido do sistema de interceptação com o qual o Japão tenta reforçar sua defesa ante a Coreia do Norte.

O teste foi realizado pela Agência de Defesa de Mísseis (MDA) e a Marinha americanas a partir do navio USS John Paul Jones, um destróier lança-mísseis, apenas um dia depois que a Coreia do Norte disparou um míssil balístico que sobrevoou o Japão.

Usando os foguetes guiados Standard Missile-6 (SM-6), o teste interceptou um míssil balístico de médio alcance lançado de uma base em Kauai, Havaí, graças ao radar AN/SPY-1, que o USS John Paul Jones dispõe.

O líder norte-coreano Kim Jong-Un prometeu lançar outros mísseis sobre o Japão, ante a condenação da ONU e a advertência dos Estados Unidos sobre severas repercussões.

A MDA disse que o teste oferece uma capacidade melhorada ao componente naval do sistema de defesa de mísseis balísticos em sua fase terminal.

Este teste representa a segunda ocasião em que um míssil SM-6 intercepta com sucesso um míssil balístico de médio alcance.

Estados Unidos e Japão trabalham em conjunto desde 2006 para desenvolver uma variante do Standard Missile-3, um míssil lançado do mar e que também faz parte do sistema Aegis. O Japão busca criar uma versão terrestre.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP