Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O secretário americano de Estado, Rex Tillerson

(afp_tickers)

Os Estados Unidos não pretendem interromper os negócios entre a União Europeia e o Irã, garantiu o secretário de Estado, Rex Tillerson, em uma entrevista publicada nesta sexta-feira (20).

Uma semana após o presidente Donald Trump se recusar a certificar o acordo nuclear do Irã e deixar seu destino nas mãos do Congresso americano, Tillerson disse que trataria das preocupações comerciais dos aliados europeus.

"O presidente foi bastante claro que não é sua intenção interferir nos negócios que os europeus podem ter em curso com o Irã", disse ao Wall Street Journal. "Ele falou claramente: 'Está bem. Façam o que quiserem'", completou.

Trump ameaçou interromper o histórico acordo nuclear de 2015 com o Irã, a menos que o Congresso endureça as sanções ao país.

A União Europeia, contudo, se mostrou determinada a preservar o acordo, já que vários países consideram que esse compromisso é fundamental para convencer a Coreia do Norte a se sentar na mesa de negociações sobre seu programa nuclear.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP