Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O secretário de Defesa americano, Jim Mattis

(afp_tickers)

O secretário americano de Defesa, Jim Mattis, reafirmou nesta quinta-feira a aliança estratégica de segurança com o Catar, em meio à crise diplomática no Golfo.

Mattis e seu homólogo catariano, Khaled bin Mohamed al Atiyá, conversaram por telefone nesta quinta-feira, quando também analisaram as operações contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

O Catar abriga a maior base militar dos Estados Unidos no Oriente Médio, de onde partem várias missões aéreas da coalizão contra o Estado Islâmico.

"O secretário Mattis e o ministro Al Atiyá reafirmaram seu compromisso em manter a cooperação Estados Unidos-Catar e em aprofundar sua aliança estratégica", destacou o Pentágono.

Arábia Saudita e seus aliados romperam relações diplomáticas com o Catar no dia 5 de junho, acusando o pequeno emirado de apoiar "o terrorismo" e manter relações excessivamente estreitas com o Irã, o grande adversário dos sauditas no Oriente Médio.

Diante da pior crise diplomática dos últimos anos no Golfo, Mattis destacou a importância de se baixar a tensão "para que todos os sócios na região possam se concentrar nos próximos passos para atingir os objetivos comuns".

AFP