Navigation

EUA saúda trégua em Gaza e adverte Hamas a cumprir compromissos

Palestinos procuram sobreviventes sob os escombros de uma casa atingida por um ataque aéreo israelense, em um campo de refugiados de Gaza. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. agosto 2014 - 23:54
(AFP)

A Casa Branca saudou a proposta do Egito para uma trégua de 72 horas na Faixa de Gaza aceita por Israel e Hamas, mas advertiu que o movimento radical islâmico precisa cumprir seus compromissos.

"É uma iniciativa importante. Nós a apoiamos plenamente", declarou à CNN Antony Blinken, vice-diretor do Conselho de Segurança Nacional do governo do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. "Agora corresponde ao Hamas demonstrar que respeitará o cessar-fogo".

Os dois lados se comprometeram a deter suas ações dentro e em torno da Faixa de Gaza a partir das 05H00 GMT (02H00 Brasília) desta terça-feira, informou um funcionário egípcio, acrescentando que estão previstas negociações no Cairo.

Paralelamente, Obama firmou um projeto de lei para entregar a Israel mais 225 milhões de dólares em ajuda para a manutenção da "Cúpula de Ferro" antimísseis.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?