Navigation

Exército iraquiano responde ataque no norte e mata 15 insurgentes

Iraquianos fugindo da violência em Tal Afar. Insurgência sunita deslocou internamente cerca de 600.000 pessoas. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 12:29
(AFP)

As forças de segurança iraquianas repeliram uma ofensiva contra uma cidade turcomana xiita do norte do Iraque, onde mataram 15 insurgentes sunitas, afirmou um funcionário local nesta quinta-feira.

Combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) junto a outros insurgentes sunitas realizaram um ataque nesta quarta-feira contra Amerli, segundo um funcionário da cidade vizinha de Suleiman Bek, situada 175 km ao norte de Bagdá.

"As forças iraquianas, com a ajuda da aviação, repeliram uma ofensiva lançada contra três setores da cidade de Amerli e mataram 15 insurgentes, segundo um primeiro balanço", disse.

Amerli se encontra uma dezena de quilômetros ao sul de Suleiman Bek, controlada desde 10 de junho pelos insurgentes sunitas, que se apoderaram de amplos territórios do norte, centro e oeste do Iraque depois de lançar uma ofensiva no início de junho.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.