Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldados israelenses em rota próxima a faixa de Gaza, no dia 30 de outubro de 2017

(afp_tickers)

A artilharia e a aviação israelenses responderam nesta quinta-feira (7) a disparos de projéteis da Faixa de Gaza, dos quais um caiu em Israel - indicou o Exército.

Outros dois foguetes aterrissaram no território palestino contíguo ao sul de Israel, acrescentou o Exército em um comunicado.

Os disparos de um tanque e um avião israelenses apontaram para "dois postos militares" em Gaza, detalharam as Forças Armadas, que consideraram o Hamas como responsável pelos ataques contra Israel da Faixa.

A ofensiva aconteceu em um contexto de forte tensão, após a decisão dos Estados Unidos de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

Movimento islamita palestino que controla a Faixa de Gaza, o Hamas convocou uma "nova Intifada" para denunciar a decisão do presidente americano, Donald Trump.

Israel e Hamas observam um frágil cessar-fogo desde o final da guerra de 2014, a terceira desde que o movimento islamita tomou o poder em Gaza em 2007.

A trégua costuma ser interrompida por esporádicos lançamentos de foguetes procedentes de Gaza e atribuídos, com frequência, aos grupos salafistas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP