Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Foto tirada em 17 de junho de 2017 mostra Bill Cosby em Norristown, na Pensilvânia

(afp_tickers)

O ex-advogado de Michael Jackson Tom Mesereau assumirá a defesa de Bill Cosby, disse nesta segunda-feira o porta-voz do ator americano em comunicado.

A nova equipe de defesa do lendário ator americano de televisão, processado por abuso sexual, será a partir de agora composta por Mesereau, de Los Angeles, Kathleen Bliss, de Nevada, e Sam Silver, da Pensilvânia, indicou o porta-voz, Andrew Wyatt.

Conhecido por seu estilo extravagante e seus longos cabelos brancos, Mesereau é especialmente famoso por ter conseguido a absolvição de Michael Jackson, em junho de 2005, após quatro meses de julgamento do rei do pop, acusado de abusar de menores.

Mesereau, de 67 anos, retoma assim a defesa do criador do programa "The Cosby Show", que deve ser julgado na Pensilvânia no início de novembro, depois da anulação do primeiro julgamento, em junho, pela impossibilidade do júri de chegar a um veredicto unânime.

Consultado no início de julho pelo site especializado em celebridades TMZ, o advogado disse que acreditava que o procurador "perdia o seu tempo" com um segundo julgamento, porque o caso era "fraco".

O porta-voz de Bill Cosby anunciou, no início de agosto, que o advogado que representava o ator desde dezembro de 2015, Brian McMonagle, se retirava do caso.

Bill Cosby, atualmente com 80 anos, é acusado de abusar sexualmente de Andrea Constand em janeiro de 2004 em sua casa em Cheltenham, no subúrbio da Filadélfia.

O ator reconheceu ter se relacionado com Constand, mas com o consentimento da mulher.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP