Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Apesar do fim da MtGox e das preocupações acerca da segurança, o Bitcoin e suas centenas de moedas digitais concorrentes têm se tornado cada vez mais populares e aceitas por vendedores no mundo todo

(afp_tickers)

O ex-CEO da casa de câmbio de Bitcoin MtGox será julgado nesta terça-feira (11) em Tóquio pelo desaparecimento do equivalente a milhões de dólares da moeda virtual de seus cofres digitais.

O francês Mark Karpeles - outrora líder da maior plataforma de câmbio de Bitcoin do mundo, que viveria numa cobertura cujo aluguel custa 11 mil dólares - enfrenta acusações de fraude e manipulação de dados.

Aos 32 anos, ele foi preso em agosto de 2015 e libertado sob fiança quase um ano depois, acusado de fraudar dados e embolsar milhões em Bitcoins.

A MtGox, que dizia controlar 80% do tráfego global de Bitcoins, fechou em 2014 após admitir que 850 mil moedas, equivalente a cerca de 480 milhões de dólares à época, tinham desaparecido de seus cofres virtuais.

Num primeiro momento, a empresa alegou que uma falha no software permitiu que hackers roubassem as moedas virtuais.

Karpeles, mais tarde, anunciou ter encontrado cerca de 200 moedas numa "carteira fria" - um dispositivo de armazenamento, como um cartão de memória, que não é conectado a outros computadores.

Baseada em Tóquio, a MtGox declarou falência pouco após o desaparecimento do dinheiro, gerando a revolta de investidores que pediam respostas e minando a reputação da moeda digital.

Karpeles, que diz estar trabalhando como consultor de TI, publica bastante nas redes sociais e já comentou questões acerca de Bitcoins, mas não fala sobre o seu caso.

Com o escândalo da MtGox, o Japão aprovou uma lei estipulando que todas as trocas em moedas virtuais devem ser reguladas pela Agência de Serviços Financeiros.

As moedas digitais são geradas a partir de complexas cadeias de interações entre uma grande rede mundial de computadores e não são aceitas por nenhum governo ou banco central.

Apesar do fim da MtGox e das preocupações acerca da segurança, o Bitcoin e suas centenas de moedas digitais concorrentes têm se tornado cada vez mais populares e aceitas por vendedores no mundo todo.

O valor do Bitcoin sofreu grande volatilidade em sua curta vida, saltando de alguns centavos de dólar para os cerca de 2.500 dólares atuais.

AFP