Começou neste sábado (13) o julgamento do ex-prefeito de Teerã Mohammad Ali Najafi, acusado de matar sua segunda esposa - informou a imprensa iraniana.

Najafi, de 67 anos, foi prefeito da capital do Irã entre agosto de 2017 e abril de 2018 e é considerado um dos líderes do movimento reformista.

Em 28 de maio, ele se entregou à polícia e admitiu ter matado sua segunda esposa, Mitra Ostad, 30 anos mais jovem do que ele, algumas horas antes.

O corpo da vítima foi encontrado no banheiro da casa onde viviam, dentro de uma banheira.

Matemático brilhante e professor universitário, Najafi foi vice-presidente da República Islâmica e várias vezes ministro. Agora pode ser condenado à pena de morte.

A fama de Najafi e o escândalo em torno de seu segundo casamento - por não ter-se divorciado da primeira mulher, como exige a lei iraniana - contribuíram para o grande interesse que o caso desperta no país.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.