Navigation

Ex-presidente argentina Cristina Kirchner expressa apoio a Lula após invalidação de candidatura

(13 ago) A presidente argentina e atual senadora Cristina Kirchner deixa um tribunal federal em Buenos Aires afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 01. setembro 2018 - 18:06
(AFP)

A senadora e ex-presidente argentina Cristina Kirchner expressou neste sábado apoio ao colega brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, cuja candidatura à presidência foi barrada.

"Agora impedem @LulaOficial de ser candidato à presidência porque sabem que ele venceria com vantagem as eleições de outubro", publicou Cristina Kirchner no Twitter.

A ex-presidente, que enfrenta vários processos na Justiça argentina, afirmou que, "no Brasil, os meios de comunicação, em coordenação com o Judiciário, também arrasaram o Estado de Direito".

Lula cumpre pena de mais de 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Pesquisas de opinião apontavam que ele tinha 39% das intenções de voto para as eleições presidenciais de 7 de outubro.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.