Navigation

Ex-presidente argentina viaja a Cuba para tratar a filha

(2015) Florencia, filha da ex-presidente argentina Cristina Kirchner afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 14. março 2019 - 15:18
(AFP)

A ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner afirmou no Twitter nesta quinta-feira que viajará a Cuba para iniciar o tratamento médico de sua filha Florencia, 29 anos, que sofre de "severos problemas de saúde".

Apesar de não especificar a doença de sua filha, Kirchner afirmou que foi consequência da "perseguição a que foi submetida pela justiça".

A ex-presidente e seus dois filhos, Máximo e Florencia, enfrentarão um julgamento ainda sem data marcada por acusação de lavagem de dinheiro através dos hotéis da família.

Em 21 de maio será julgada por outro caso, em que é acusada de favorecer o empresário Lázaro Báez com a concessão irregular de 51 obras públicas no valor de 1,15 bilhão de dólares.

A ex-presidente é senadora e seu filho deputado federal, por isso possuem foro privilegiado que impede que sejam presos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.