Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2009) O ex-presidente peruano Alberto Fujimori, em um tribunal de Lima

(afp_tickers)

O ex-presidente do Peru Alberto Fujimori responde positivamente a um tratamento médico após sofrer uma taquicardia severa na prisão, mas continua em cuidados intensivos em uma clínica de Lima, disse nesta quarta-feira seu médico pessoal, Alejandro Aguinaga.

"Estamos chegando a quase estabilizá-lo por completo e depois iremos para uma segunda fase onde começam a diminuir os medicamentos e ver como é a resposta", explicou Aguinaga ao canal N de televisão sobre o estado de saúde do ex-presidente.

Fujimori, de 79 anos, recebe "doses altas de remédios que regulam seu ritmo cardíaco, o qual estão conseguindo", detalhou o médico, acrescentando que, não obstante, o ex-governante permanece sedado em cuidados intensivos para que possa descansar e seja aplicado o melhor tratamento.

É o segundo problema cardíaco que Fujimori sofre nos últimos três meses, de acordo com Aguinaga. Em maio, o ex-presidente sofreu de uma arritmia por problemas de insuficiência na válvula mitral, que se soma a sua hipertensão, afirmou.

"Alberto Fujimori avança em idade, cada vez se somam novas doenças que o vão deteriorando", comentou o ex-congressista do Força Popular.

O ex-presidente deu entrada de urgência em uma clínica peruano-japonesa na terça-feira depois de sofrer uma taquicardia severa na madrugada deste dia na base policial, onde desde 2007 cumpre uma condenação de 25 anos de prisão por corrupção e crimes contra a humanidade durante a sua gestão.

A saúde de Fujimori despertou debates no Peru desde que o presidente Pedro Pablo Kuczynski disse que avalia dar um indulto humanitário com base em um relatório médico independente. Fontes indicam que o benefício pode ser outorgado até o fim do ano.

Nas últimas duas décadas, Fujimori foi operado da língua em seis ocasiões devido a uma lesão cancerígena sob controle.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP