Navigation

Excesso de peso e ondas fortes causaram naufrágio de barco com migrantes venezuelanos

Este conteúdo foi publicado em 26. abril 2019 - 19:03
(AFP)

Dois corpos foram resgatados após o naufrágio de uma embarcação que levava, clandestinamente, migrantes venezuelanos para Trinidad e Tobago. De acordo com as pessoas que foram encontradas com vida, o excesso de peso na embarcação e as condições do mar foram as causas do acidente.

Segundo a Guarda Nacional venezuelana, o barco partiu "cladestinamente" na noite de terça-feira da localidade de Güiria, estado Sucre (nordeste) com pelo menos 33 pessoas a bordo.

O naufrágio ocorreu na madrugada de quarta-feira perto da Ilha de Patos, a oito quilômetros da costa venezuelana, quando um dos motores parou de funcionar e em seguida começou a entrar água no barco, informou um dos nove sobreviventes resgatados por pescadores que colaboram com as ações de busca.

As autoridades venezuelanas não citaram o caso.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.