Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O promotor federal belga, Eric Van Der Sypt, durante coletiva do lado de fora da Estação Central, em Bruxelas, em 20 de junho de 2017

(afp_tickers)

A explosão que sacudiu nesta terça-feira a estação de trens Bruxelas Central é "considerada um ataque terrorista", informou a procuradoria federal belga.

"É considerado um ataque terrorista", disse Eric Van Der Sypt em entrevista coletiva diante da Estação Central. "Não posso confirmar se o autor está vivo ou morto", disse o porta-voz do ministério público encarregado dos casos de terrorismo.

O porta-voz explicou que "às 20H30 (15H30 Brasília) ocorreu uma pequena explosão na Estação Central".

"Os militares presentes no local neutralizaram o suspeito imediatamente após a explosão", destacou Van Der Sypt, que não pôde "confirmar se o agressor está vivo ou morto".

A Bélgica, onde um atentado jihadista matou 32 pessoas em março de 2016, reviveu cenas de pânico nesta terça-feira, um dia após um homem atropelar muçulmanos diante de uma mesquita em Londres e outro agressor ser abatido em um ataque fracassado em Paris.

AFP