Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ativistas bengaleses durante manifestação pelo quarto aniversário de um dos piores acidentes industriais (setor têxtil) do país, em Savar, em 24 de abril de 2017

(afp_tickers)

Oito pessoas morreram e cerca de 50 ficaram feridas nesta segunda-feira na explosão de uma caldeira em uma fábrica têxtil em Bangladesh.

Dezenas de operários estavam na fábrica localizada na periferia de Daca quando a explosão provocou o desabamento do teto do prédio de seis andares.

A fábrica pertence à empresa Multifabs, que produz roupas para a maioria das marcas europeias, segundo seu site.

Além dos operários, entre as vítimas também há transeuntes que circulavam no lado externo.

Bangladesh conta com mais de 4.500 fábricas têxteis que emprega quatro milhões de pessoas, em sua maioria mulheres, por um salário mínimo mensal de 68 dólares.

O setor industrial é conhecido pelas más condições de trabalho. Muitas das fábricas não possuem equipamento básico como ventilação adequada.

Em abril de 2013, o Rana Plaza, um prédio de nove andares, desabou matando mais de 1.100 pessoas.

AFP