Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O preço elevado do petróleo e as margens de lucro das refinarias estimularam os lucros de ExxonMobil e Chevron no terceiro trimestre, que conseguiram compensar com folga o efeito dos furacões nos Estados Unidos

(afp_tickers)

O preço elevado do petróleo e as margens de lucro das refinarias estimularam os lucros de ExxonMobil e Chevron no terceiro trimestre, que conseguiram compensar com folga o efeito dos furacões nos Estados Unidos, informaram as empresas nesta sexta-feira (27).

A receita melhor das duas maiores petroleiras americanas refletiu a alta moderada dos preços das commodities durante o trimestre e foi alcançada apesar das perdas de ambas.

Os preços do barril de petróleo no país variaram entre 46 dólares e 52 dólares durante o trimestre, uma faixa 4 dólares mais alta que a do mesmo período um ano antes.

ExxonMobil e Chevron tiveram lucros mais altos nas divisões de derivados, responsáveis por refinar o petróleo, transformando-o em gasolina e outros produtos.

O resultado incluiu lucros nos Estados Unidos, onde o fechamento temporário de refinarias da ExxonMobil e de outras gerou preços mais elevados de gasolina, ampliando as margens de lucro da refinaria.

A ExxonMobil relatou lucros 4 bilhões de dólares, um aumento de 49,8% em relação ao mesmo período de 2016. Os furacões representaram perdas de 160 milhões.

As receitas foram de 66,2 bilhões de dólares, um aumento de 12,8%.

"Uma alta de 50% no lucro, por performance de negócios sólida e preços de commodities mais altos, é um passo à frente em nosso plano de ampliar a rentabilidade", disse o CEO ExxonMobil, Darren Woods.

"Pelo quarto trimestre seguido, geramos fluxo de caixa de operações e de vendas de ativos que superaram nossos dividendos e investimentos líquidos no negócio".

A Chevron relatou alta de 52,1% nos lucros, a 2 bilhões de dólares.

A receita subiu 16,2%, a 36,2 bilhões de dólares.

"Continuamos a ver melhorias no padrão de ganhos e fluxo de caixa", disse John Watson, CEO da Chevron.

"O fluxo de caixa está em um ponto de inflexão positivo, aumentando a produção de petróleo e gás, enquanto a despesa de capital cai".

As ações da ExxonMobil tiveram alta de 0,5% nas negociações antes da abertura do mercado, a 83,47 dólares, enquanto as da Chevron caíram 1,8%, a 116,36 dólares.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP