Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O Facebook apresentou nesta segunda-feira um novo recurso que permite que usuários de smartphones compartilhem privadamente fotos de amigos, através da seleção de imagens com a tecnologia de reconhecimento facial

(afp_tickers)

Facebook apresentou nesta terça-feira uma nova ferramenta para ajudar a seus usuários a detectar e remover programas maliciosos ou malware.

Em colaboração com companhias de segurança informática como Kaspersky Lab, ESET, F-Securee Trend Micro, a popular rede social disse que conseguiu detectar esses programas maliciosos nos computadores de dois milhões de pessoas.

"Para essas pessoas, propomos uma ferramenta de limpeza que permite, enquanto está funcionando, continuar usando o Facebook, e que informa quando termina e o que encontrou", explicou Trevor Pottinger, engenheiro do Facebook encarregado da segurança.

O programa utiliza "uma combinação de sinais para localizar os lugares infectados e eliminar o programa malicioso do computador", acrescentou.

Os usuários do Facebook são frequentemente vítimas de 'phishing', captação fraudulenta de chaves de acesso, entre outros, provenientes de contatos conhecidos, lembrou Kate Kochetkova, da Kaspersky Lab.

"Um em cada cinco 'phishing' são provenientes de notificações do Facebook", ressaltou.

"É preciso estar atento quando se recebe e-mails que parecem vir do Facebook, porque eles podem ser falsos", acrescentou.

AFP