Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O Facebook anunciou iniciativas para ajudar os meios de comunicação que estão em dificuldades a obterem assinantes

(afp_tickers)

O Facebook anunciou nesta quinta-feira iniciativas para ajudar os meios de comunicação que estão tendo dificuldade para obter assinantes, em uma ação similar à do Google revelada no início deste mês.

A rede social explicou que testará "modelos de notícias premium" para meios que publicam seu conteúdo no Facebook.

"Muitos editores identificaram as assinaturas como uma alta prioridade, então trabalhamos com um grupo diverso de sócios para desenhar, aperfeiçoar e desenvolver" um "modelo de notícias premium", anunciou a empresa em seu blog oficial.

Assim, ao clicar em um artigo, os usuários do Facebook verão uma mensagem que indica que o conteúdo é pago antes de serem direcionados ao site do meio de comunicação para se inscreverem.

O acesso pago se aplicará a partir de certo número de artigos vistos pelo usuário, ou à escolha do editor, que pode decidir quais artigos serão pagos. Se o usuário decidir assinar, "a transação será realizada no site do editor, que receberá o pagamento diretamente e manterá 100%" da soma, detalhou o Facebook.

Entre os meios incluídos no teste estarão o Bild e o Spiegel da Alemanha, o Le Parisien da França, o La Republica da Itália, o Telegraph e a The Economist do Reino Unido, e os americanos Boston Globe e Washington Post.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP