Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Bananas à venda em um mercado de Londres

(afp_tickers)

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) solicitou nesta quarta-feira (18) US$ 98 milhões para lutar contra uma nova cepa da doença conhecida como murcha de Fusarium, que afeta as bananas.

A doença poderia "dizimar a produção mundial de banana, provocando muitas perdas comerciais e enormes prejuízos aos meios de vida das 400 milhões de pessoas que dependem da fruta mais comercializada do mundo, seja como alimento básico, seja como fonte de renda", adverte a agência da ONU, com sede em Roma.

Esta nova cepa da doença - raça tropical 4 (TR4, na sigla em inglês) - representa "uma grave ameaça para a produção bananeira em várias regiões do mundo", afirmou o diretor da divisão de Produção e Proteção Vegetal da FAO, Hans Dreyer.

A cepa foi detectada pela primeira vez no Sudeste Asiático, nos anos 1990, "e afeta atualmente 19 zonas em dez países", acrescentou a FAO.

O programa para o qual a organização pede US$ 98 milhões "tem como objetivo tratar e evitar a propagação da doença em 67 países".

"Sem uma intervenção coordenada, os cientistas calculam que a doença possa afetar até 1,6 milhão de hectares em 2040", completa a organização.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP