Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os dirigentes da Fiat asseguram em um comunicado que não houve qualquer tipo de conversa com a Volkswagen a respeito de uma fusão.

(afp_tickers)

A montadora Fiat desmentiu nesta quinta-feira qualquer tipo de negociação sobre uma possível fusão com a alemã Volkswagen depois de informações divulgadas por um jornal econômico alemão.

Os dirigentes da Fiat asseguram em um comunicado que não houve qualquer tipo de conversa com a Volkswagen a respeito de uma fusão.

"O grupo Volkswagen estuda as possibilidades de compra total ou parcial de seu concorrente ítalo-americano Fiat Chrysler", escreveu o jornal Manager Magazin em um artigo publicado nesta quinta-feira.

Citando fontes ligadas ao grupo, mas sem mencionar qual dos dois, o jornal afirma que os italianos se concentrariam na marca esportiva Ferrari, enquanto que a Volkswagen utilizaria a Chrysler para resolver os problemas de venda da marca alemã nos Estados Unidos.

No entanto, vários obstáculos impedem uma possível fusão, entre eles o preço da transação e a estratégia escolhida pelo presidente da Fiat Chrysler, Sergio Marchionne, ainda de acordo com o Manager Magazin.

AFP