Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ex-presidente cubano recebeu na noite deste domingo em sua residência o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang

(afp_tickers)

O pai da revolução cubana, Fidel Castro, 90 anos, apareceu nesta segunda-feira pela terceira vez em menos de uma semana, o que não acontecia há anos.

O ex-presidente cubano recebeu na noite deste domingo em sua residência o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Nas três fotos publicadas nesta segunda-feira pela imprensa estatal, o ex-presidente aparece vestido como sempre com seu traje esportivo. Em uma das fotos, estão presentes as esposas dos dois líderes, Dalia Soto del Valle e Cheng Hong. Em outra, de pé, Fidel aperta a mão de seu convidado.

Visivelmente em bom estado de saúde, Fidel conclui assim uma intensa semana diplomática, já que recebeu três dias antes o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, e, em 19 de setembro, o presidente iraniano Hassan Rohani.

Antes desta série de encontros, Fidel foi visto pela última vez em público em 13 de agosto por ocasião de seus 90 anos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP