Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Foto tirada em 19 de julho de 2016 mostra Donald Trump Jr. em Cleveland, Ohio

(afp_tickers)

O filho mais velho do presidente Donald Trump disse nesta terça-feira que não contou ao pai sobre o encontro com a advogada russa durante a campanha de 2016. Segundo Donald Jr., a conversa não trouxe informações comprometedoras sobre Hillary Clinton.

"Não. Não havia nada. Não havia nada a dizer", disse Donald Trump Jr. à Fox News.

O filho do presidente se reuniu com a advogada Natalia Veselnitskaya em 9 de junho de 2016 na Torre Trump, depois que um intermediário lhe disse que ela poderia lhe dar informações do governo russo sobre a candidata democrata à Casa Branca.

"Eu nem sequer teria lembrado disso se vocês não tivessem mexido neste assunto. Foi literalmente um desperdício de 20 minutos, o que foi uma lástima", disse na entrevista.

"Honestamente, pensei que alguém tinha informação sobre nossa oponente", contou, acrescentando que, "em retrospectiva, provavelmente faria as coisas um pouco diferentes", mas sem especificar como.

AFP