Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Cartazes do filme chinês 'Wolf Warrior 2' em Pequim

(afp_tickers)

O filme de ação chinês "Wolf Warrior 2" se tornou o primeiro filme não americano, ou britânico, a entrar na lista das 100 maiores bilheterias da história do cinema.

Repleto de acrobacias e de explosões e com acentuado caráter patriótico, o longa conta a história de um ex-soldado chinês em uma zona de guerra na África, onde ajuda seus compatriotas e a população local, ameaçados por rebeldes e por mercenários ocidentais.

A produção entrou terça-feira (15) na lista dos 100 sucessos da história do cinema mundial, elaborada pelo site especializado Box Office Mojo. Sua chegada toma o lugar de "Forrest Gump - o contador de histórias", um filme de 1994 estrelado por Tom Hanks.

Na semana passada, "Wolf Warrior 2" já havia superado o recorde de arrecadação na China.

O filme teria acumulado cerca de 682,1 milhões de dólares, quase que unicamente nos cinemas chineses, segundo o Box Office Mojo. Ontem, a página especializada China Movie Data Information Network anunciou uma bilheteira de 710 milhões de dólares, em todo país.

O diretor e ator principal Wu Jing, especialista em artes marciais, reconheceu que "Wolf Warrior 2" aproveita uma onda de patriotismo estimulada pelo governo chinês.

"Apenas risquei um fósforo e acendi o patriotismo das pessoas", minimizou Jing, em entrevista publicada nesta terça pela agência oficial de notícias Nova China.

As maiores bilheterias da história do cinema mundial são todas americanas: "Avatar" (2009), com US$ 2,788 bilhões; "Titanic" (1997), com US$ 2,186 bilhões; e "Star Wars: O despertar da Força" (2015), com US$ 2,068 bilhões.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP