Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A Fitch afirmou que a mudança da nota da Petróleos de Venezuela (PDVSA) responde ao anúncio da empresa e do governo de Nicolás Maduro de sua intenção de renegociar o pagamento de sua dívida soberana

(afp_tickers)

A agência de classificação financeira Fitch rebaixou nesta terça-feira a nota de crédito da estatal petroleira venezuelana PDVSA, de "CC" a "C", por considerar um default do país "altamente provável".

A Fitch afirmou que a mudança da nota da Petróleos de Venezuela (PDVSA) responde ao anúncio da empresa e do governo de Nicolás Maduro de sua intenção de renegociar o pagamento de sua dívida soberana.

Além disso, reflete o não pagamento de bônus internacionais previamente não realizados pela PDVSA, que atualmente estão em um período de carência de 30 dias.

A nova nota da PDVSA também é resultado da redução, na sexta-feira passada, da classificação de crédito da Fitch a respeito da dívida soberana da Venezuela, de "CC" a "C".

Para a Fitch, "isto faz com que um default seja altamente provável".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP