Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Combatentes curdos mantêm posição no ponto de inspeção de Aski kalak, a 40 quilômetros de Arbil, capital da região autônoma do Curdistão.

(afp_tickers)

Drones e caças americanos destruíram nesta quinta-feira dois veículos armados e um blindado do Estado Islâmico (EI) no norte do Iraque, informou o comando militar americano para o Oriente Médio e a Ásia Central.

Após a primeira operação, os aparelhos aéreos destruíram um veículo armado "que visava às forças curdas" e posteriormente um segundo veículo.

Mais tarde, a ação aérea destruiu um MRAP, veículo blindado conhecido por resistir a artefatos explosivos improvisados.

Os ataques aéreos ocorreram a nordeste de Erbil, no Curdistão iraquiano, e fazem parte das ações autorizadas pelo presidente Barack Obama para proteger o pessoal diplomático americano nesta cidade, assim como os refugiados cristãos e yazidis.

Os yazidis, minoria de língua curda, foram expulsos de suas casas quando os rebeldes tomaram a cidade de Sinjar.

Além dos ataques aéreos, os Estados Unidos lançam comida e água de aviões para os refugiados.

Nesta quinta-feira, o Pentágono anunciou que entre 4 mil e 5 mil yazidis estão cercados no monte Sinjar, segundo a avaliação de soldados americanos em missão de reconhecimento.

AFP