Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldados iraquianos circulam em veículo militar por uma rua de Al-Qaim, ao oeste do Iraque, em 4 de novembro

(afp_tickers)

As forças iraquianas lançaram neste sábado (11) uma ofensiva contra o último reduto de resistência do Estado Islâmico (EI) no Iraque, situado no deserto ocidental, fronteiriço com a Síria - anunciou o general Abdelamir Yarallah, responsável pela operação.

Apoiadas por combatentes tribais, as tropas do governo "lançaram uma ampla ofensiva para libertar Rummana e o distrito de Rawa", disse Yarallah, em um comunicado.

Rummana fica perto de Al-Qaim, bastião do EI retomado em 3 de novembro passado pelas tropas iraquianas, e Rawa é a última cidade nas mãos dos extremistas do Estado Islâmico.

O grupo ocupou em 2014 essa área equivalente ao território da Síria, ao fim de uma ofensiva relâmpago. Foi quando proclamou seu autointitulado "califado".

No último ano, o EI foi expulso de quase todos os territórios que havia invadido, tanto na Síria quanto no Iraque.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP