O concurso de cães de Westminster premiou nesta terça-feira um fox terrier de pelo duro chamado "King" como o "best in show" ("melhor do show"), abocanhando mais uma medalha para a raça famosa por suas capacidades.

A raça, que já era campeã de todos os tempos em Westminster, conquistou o prêmio máximo 15 vezes. O terrier escocês é o segundo, com oito títulos.

"Ele é tudo para mim", disse, aos prantos, o treinador de King, Gabriel Rangel, à multidão no Madison Square Garden de Nova York depois que o juiz Peter Green anunciou sua decisão.

Green elegeu um bichon havanês chamado "Bono" em segundo lugar entre outros quatro finalistas.

"Depois de vencer esta magnífica competição não resta muito mais a fazer", manifestou Rangel sobre o futuro de King. "Deverá correr pelo campo por algum lugar por aí".

A edição 143 do concurso convocou 2.800 cachorros de todo o mundo.

Na rodada final restaram seis cães, ao invés dos sete habituais, depois que um schipperke chamado "Colton" foi excluído por um conflito de interesse.

O schipperke venceu na categoria esportiva na segunda-feira.

Um dos donos de Colton compartilhou a propriedade de outros cães com Green no passado.

No início da rodada "best in show", Colton foi exibido ao público e desfilou brevemente com outros finalistas.

Mas foi acompanhado para a saída antes que Green voltasse ao seu lugar de jurado, enquanto um apresentador explicava que a proibição era necessária para "manter a integridade da competição".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.