AFP

Oficial diante de migrantes retirados do acampamento em Paris, em 9 de maio de 2017

(afp_tickers)

Quase mil migrantes instalados em um acampamento não autorizado no norte de Paris começaram a ser retirados do local nesta terça-feira pela polícia.

Os migrantes, incluindo muitos afegãos e sudaneses, instalados há várias semanas debaixo de um cruzamento de avenidas, viviam em péssimas condições sanitárias e de segurança.

Os "acampamentos ilícitos" apresentam "riscos importantes para a segurança e a saúde dos ocupantes e dos vizinhos", afirmaram as autoridades em um comunicado.

"O governo vai nos levar para casas, Não sei onde, mas parece bom", afirmou Said, um sudanês que dormia no acampamento há um mês.

"Todas as pessoas serão alojadas em centros da região de Paris", disse a ministra da Habitação, Emmanuelle Cosse, à AFP.

"São entre 800 e 1.000 pessoas, principalmente homens", afirmou a ministra.

AFP

 AFP