Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Garrafas de plástico em um centro de tratamento de resíduos recicláveis, em 2008

(afp_tickers)

O governo francês quer promover, a partir do ano que vem, um sistema de "bônus/ônus" que promoverá a reciclagem do plástico, fazendo o consumidor pagar mais pelos produtos mais poluentes.

"Amanhã, quando puder escolher entre duas garrafas, uma fabricada com plástico reciclado e a outra, não, a primeira será mais barata", disse a secretária de Estado de Transição Ecológica e Solidariedade, Brune Poirson, em declarações ao semanário dominical Journal du Dimanche (JDD).

Segundo Poirson, a medida entrará em vigor em 2019. Em princípio, consistirá em um sistema de "bônus/ônus" para os produtos fabricados com plástico, cujo preço vai variar 10%, dependendo se forem reciclados, ou não. Ela não deu detalhes sobre o plano.

Na campanha eleitoral de 2017, o presidente Emmanuel Macron prometeu que, na França, até 2025, 100% dos produtos plásticos serão reciclados, contra os atuais 25%.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP