Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

* Biotecnologia-coração: um novo implante de coração artificial foi realizado na França (2 colunas)

(afp_tickers)

Cirurgiões franceses fizeram em Paris um terceiro implante de coração artificial, informou à AFP um dos médicos que participaram da operação, realizada este mês.

Esta é a terceira operação deste tipo realizada na França, onde se utilizou uma prótese fabricada pela empresa francesa Carmat.

"A operação de implante correu bem. As coisas estão evoluindo bem", disse à AFP o professor Daniel Duveau, que participou da intervenção ao lado do cirurgião Christian Latremouille no hospital europeu Georges Pompidou.

O professor Duveau disse que o paciente que recebeu o coração artificial é um septuagenário, mas não revelou mais detalhes, atendendo ao sigilo médico.

"Está tão bem quanto é possível esperar após uma intervenção deste tipo", disse ele.

"Estamos analisando uma série de casos" de pacientes que poderiam receber um coração artificial, afirmou o professor Duveau.

Sobre o segundo implante de coração artificial, feito num homem de 69 anos operado em Nantes no ano passado, Duveau disse que o paciente está "muito bem". "Ele foi hospitalizado de novo, algo normal, faz visitas de acompanhamento a cada semana", explicou o cirurgião, acrescentando que o paciente gradualmente retorna à vida normal.

O primeiro implante do tipo foi realizado no dia 18 de dezembro de 2013 no hospital Pompidou. Três meses depois, o paciente, de 76 anos, morreu depois que a prótese acidentalmente parou de funcionar.

O coração artificial Carmat está atualmente na primeira das duas fases previstas de testes clínicos antes da aprovação e comercialização do dispositivo na União Europeia.

AFP