Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O vuclão San Cristobal, em Chinandega, Nicarágua, no dia 26 de dezembro de 2012. Um turista francês desaparecido no vulcão Cosigüina, no noroeste da Nicarágua, foi encontrado com vida após quase três dias no maciço inóspito

(afp_tickers)

Um turista francês desaparecido no vulcão Cosigüina, no noroeste da Nicarágua, foi encontrado com vida após quase três dias no maciço inóspito, informou um diplomata nesta segunda-feira.

O francês Franck Villain, de 29 anos, perdeu-se na sexta-feira no vulcão de 800 metros de altura e foi encontrado na noite de domingo por um campesino da zona, disse a embaixada francesa na Manágua.

"O senhor Villain está em boas condições de saúde, tem somente dores no tornozelo", mencionou a sede diplomata.

Brigadas de resgate empreenderam a busca depois que o turista francês alertou, por mensagem de texto a um amigo na Romênia, que estava perdido no maciço e este, por sua vez, deu o aviso a alguns amigos da Nicarágua.

Villain decidiu escalar, sem um guia, o vulcão, declarado reserva natural e cujo maior atrativo é um lago de água verde em sua cratera.

O gigante está localizado em frente ao Golfo de Fonseca, no oceano Pacífico.

AFP