AFP

Presidente francês Emmanuel Macron

(afp_tickers)

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou neste domingo a libertação de um francês que havia sido sequestrado no início de março, no leste da República Democrática do Congo (RDC), em um comunicado do Eliseu.

O chefe de Estado felicitou todos os envolvidos nesta libertação, "em particular as autoridades da República Democrática do Congo por sua mobilização e eficácia da sua ação".

A presidência francesa, contactada pela AFP, não deu detalhes sobre a identidade do libertado.

Em 2 de março, o ministro francês das Relações Exteriores tinha relatado a presença do francês entre os funcionários da empresa de mineração canadense Banro sequestrados no leste da RDC.

Banro opera duas minas de ouro em Twangiza e Namoya, e realiza exploração em outras partes do país.

AFP

 AFP