Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O fundo foi criado nos anos 1990, para fazer a receita petrolífera do Estado norueguês render

(afp_tickers)

O fundo soberano norueguês, o maior fundo de investimentos do mundo, superou nesta terça-feira pela primeira vez a marca de 1 trilhão dólares, informou o Banco Central norueguês, encarregado da administração destes recursos.

Este nível de valorização representa aproxidamente 189.000 dólares para cada um dos 5,3 milhões de habitantes da Noruega.

O fundo foi criado nos anos 1990, para fazer a receita petrolífera do Estado norueguês render.

O recorde dessa terça-feira se explica principalmente pela valorização das principais divisas mundiais em relação ao dólar e pela boa saúde da Bolsa de Valores.

O fundo soberano é formado principalmente por ações (65,1% do total no segundo trimestre de 2017), mas também por títulos e bens imóveis.

Além disso, conta com participações em 9.000 empresas e controla 1,3% da capitalização mundial total.

"Acho que ninguém esperava que o fundo chegasse a um trilhão de dólares se fez o primeiro depósito de receitas do petróleo (de cerca de 300 milhões de dólares)", disse Yngve Slyngstad.

O fundo tem o objetivo de financiar os serviços sociais no país quando as reservas de petróleo terminarem. No entanto, o governo só está autorizado a utilizar um máximo de 3% das receitas geradas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP