Navigation

Gestantes podem transmitir COVID-19 para o bebê, indica estudo

Mulher grávida no centro de triagem de coronavírus, em Medelín, Colômbia afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. julho 2020 - 15:58
(AFP)

Mulheres grávidas infectadas com a COVID-19 podem transmitir o vírus para seus bebês, de acordo com "provas sólidas" apresentadas nesta quinta-feira (9) por um grupo de pesquisadores.

Desde o início da pandemia, foram detectados apenas casos isolados de bebês infectados com coronavírus.

Os pesquisadores analisaram casos de 31 mulheres internadas devido ao SARS-CoV-2 e detectaram a presença do vírus em uma placenta, no cordão umbilical de várias mulheres, na vagina de uma mulher e no leite materno.

Identificaram também os anticorpos específicos da COVID-19 nos cordões umbilicais de várias mulheres, assim como em amostras de leite.

Claudio Fenizia, da Universidade de Milão e autor principal do estudo, declarou que os resultados "sugerem em grande medida" que a transmissão no útero é possível, embora seja "muito cedo para avaliar o risco e as possíveis consequências".

Nenhum dos bebês nascidos durante o período de estudo deu positivo à COVID-19, afirmou o pesquisador.

Todas as mulheres participantes estavam no terceiro trimestre de gravidez, segundo Fenizia, que pediu à comunidade científica que considere este assunto como "urgente" e aprofunde sua pesquisa.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.