Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A fabricante também propõe pagar US$ 300.000 para cada cônjuge que sobreviveu ao acidente e a mesma quantidade para o responsável pela vítima.

(afp_tickers)

A fabricante de automóveis norte-americana General Motors (GM) investirá 740 milhões de dólares na Argentina entre 2014 e 2016, no que será a primeira fábrica de motores de alumínio da companhia na América do Sul - informou a Presidência argentina em seu site.

O investimento se destina "ao novo projeto Fênix, que a GM desenvolverá na Argentina e que totaliza 740 milhões de dólares até 2016", diz a nota, explicando que, na primeira etapa, em 2014, o montante investido será superior a 270 milhões de dólares.

O anúncio foi formulado pelo presidente da GM, Dan Ammann, em uma reunião com o chefe de Gabinete, Jorge Capitanich.

Até agora, a única fábrica de motores da GM na América Latina se situava no México.

O anúncio acontece em um momento difícil para a indústria automotora local pela queda na venda de veículos no mercado interno e também para o Brasil, principal mercado de exportação da Argentina, com riscos para os empregos do setor.

AFP