Navigation

Google anuncia associação com a indiana Reliance Industries

Sede do Google Índia em Hyderabad afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. julho 2020 - 13:38
(AFP)

O grupo americano Google anunciou uma associação com o conglomerado indiano Reliance Industries, fortalecendo sua presença no cobiçado mercado do país asiático.

A empresa com sede em Mountain View, Califórnia, anunciou na segunda-feira um investimento de 10 bilhões de dólares na Índia durante os próximos cinco a sete anos para "acelerar a economia digital" do país, que tem 1,3 bilhão de habitantes.

A primeira etapa do "fundo para a digitalização" da Índia consiste em assumir uma participação de 7,7% na Jio Platforms, filial digital da Reliance Industries, por 4, 5 bilhões de dólares.

Em abril, outro gigante americano do setor, Facebook, adquiriu 9,99% da Jio Platforms por 5,7 bilhões de dólares.

"Permitam-me receber e das as boas-vindas ao Google como sócio estratégico da Jio Platforms", anunciou Mukesh Ambani, CEO da Reliance Industries, durante a reunião, por videoconferência, geral de acionistas do grupo.

As duas empresas anunciaram o projeto para desenvolver um "smartphone básico e de baixo custo" na Índia, que funcione com o sistema operacional Android, para fornecer acesso fácil à internet aos habitantes do segundo país mais populoso do mundo.

"Estamos empolgados em refletir desde o início uma maneira para que milhões de usuários na Índia podem usar smartphones", afirmou o Google em comunicado em seu blog oficial.

"A maioria da população da Índia ainda não tem acesso à internet e muito menos a smartphones, então ainda temos um longo caminho a percorrer", acrescentou o grupo.

Reliance e Google acreditam que podem desenvolver um telefone 4G, eventualmente 5G, acessível, por "uma parte de seu custo atual", afirmou Ambani.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.