Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A desenvolvedora de telefones taiwanesa HTC, em dificuldades financeiras, anunciou nesta quinta-feira que venderá parte de seu negócio para a Google, que quer desenvolver sua atividade em dispositivos conectados, pelo valor de 1,1 bilhão de dólares

(afp_tickers)

A desenvolvedora de telefones taiwanesa HTC, em dificuldades financeiras, anunciou nesta quinta-feira que venderá parte de seu negócio para a Google, que quer desenvolver sua atividade em dispositivos conectados, pelo valor de 1,1 bilhão de dólares.

O Google ficará com a metade da unidade de pesquisa e desenvolvimento da HTC, formada por 2.000 pessoas, que já trabalharam com a companhia americana para desenvolver seu celular Pixel.

O acordo será fechado no início do próximo ano, indicou a HTC.

A compra dará ao Google mais controle sobre seus telefones móveis, uma atividade que que desenvolver para competir no mercado mundial dominado pela Apple e Samsung.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP