Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O governador de Buenos Aires, Daniel Scioli

(afp_tickers)

O governador de Buenos Aires, o empresário Daniel Scioli, lançou nesta terça-feira sua pré-candidatura às eleições presidenciais de 2015, sem o consentimento da presidente Cristina Kirchner.

"Há 57 anos (sua idade) estou trabalhando para conseguir o objetivo de chegar à chefatura de Estado", declarou o governador peronista da maior província argentina, que reúne quase 40% do eleitorado do país.

Scioli, que ainda deve disputar as primárias obrigatórias para ser designado candidato, presidiu o Partido Justicialista desde a morte do presidente Néstor Kirchner (2003-2007), de quem foi vice-presidente.

O prefeito da capital Buenos Aires, o também empresário Mauricio Macri, de 55 anos, é outro presidenciável da direita liberal com boas intenções de voto.

AFP