Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O governador do Texas, Greg Abbott, disse no domingo que "o longo caminho" da recuperação após a passagem do furacão Harvey estava apenas começando

(afp_tickers)

O governador do Texas disse no domingo que "o longo caminho" da recuperação após a passagem do furacão Harvey estava apenas começando, e pediu ao Congresso que libere dezenas de bilhões de dólares para a reconstrução.

Em Houston, a quarta maior cidade dos Estados Unidos, que foi afetada por chuvas recordes e inundações, muitos residentes cujas casas ficaram alagadas voltaram durante o fim de semana para começar a retirar as paredes empapadas, os tapetes encharcados e os bens arruinados.

Uma semana de inundações danificou entre 40.000 e 50.000 casas em Houston e obrigou dezenas de milhares de pessoas a se deslocaram para abrigos de emergência.

"O processo de recuperação, aqui é onde começa o longo caminho", declarou o governador Greg Abbott à "Fox News Sunday". "E aqui é onde o Congresso tem um papel a desempenhar".

A Casa Branca pediu ao Congresso 7,85 bilhões de dólares para "a resposta e os esforços iniciais de reconstrução devido ao Harvey", soma que qualificou de "montante inicial" de um custo total que o governador calcula em "muito mais que 120 bilhões, provavelmente 150 ou 180 bilhões de dólares".

Menos de uma semana após a passagem da devastadora tempestade Harvey pelo Texas e por Luisiana, os residentes da costa leste dos Estados Unidos veem com preocupação, neste domingo, a formação de outro grande furacão, Irma.

Por enquanto, esse temores são especulativos, em um momento em que o furacão de categoria três se encontra no Atlântico muito longe da costa. Seu itinerário foi descrito pelo Weather Channel como "ainda incerto e difícil".

Alguns especialistas preveem um giro em direção ao norte que poderia atingir uma ampla faixa da densamente povoada região da costa leste.

O Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami, disse em um comunicado emitido às 11H00 locais (12H00 em Brasília), que a tempestade tem ventos sustentados de 185 km/h, e que ganhará um pouco mais de força nas próximas 48 horas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP