AFP

(Arquivo) O ministro David Davis

(afp_tickers)

A situação política no Reino Unido não irá alterar o início das negociações para a sua saída da União Europeia (UE), previsto para segunda-feira, afirmou nesta quinta o governo britânico.

"David Davis, ministro a cargo da saída da UE, e Michel Barnier, negociador-chefe da Comissão Europeia, concordaram hoje em iniciar as negociações no próximo dia 19", informou o ministério britânico do Brexit.

O governo de Theresa May pode não conseguir garantir a maioria no Parlamento, após o fiasco eleitoral do último dia 8, o que fez supor o adiamento das negociações.

Theresa May continua buscando um acordo com o Partido Democrata Unionista norte-irlandês, para que o mesmo lhe ceda seus 10 deputados e para contar com a maioria absoluta dos deputados na Câmara dos Comuns.

Londres tem que deixar a UE no fim de março de 2019.

AFP

 AFP