Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O premier Jaber al-Mubarak al-Sabah (e) entrega a carta de renúncia ao emir Sabah al-Ahmad al-Sabah

(afp_tickers)

O governo kuwaitiano apresentou sua renúncia ao emir, xeque Sabah al-Ahmad al-Sabah, nesta segunda-feira (30), após uma nova disputa com o Parlamento - anunciou a agência de notícias oficial, Kuna.

O emir aceitou a demissão e pediu ao gabinete dirigido pelo primeiro-ministro, xeque Jaber Mubarak Al-Sabah, que tramite os assuntos correntes.

A renúncia acontece uma semana depois de uma moção de censura contra um membro do governo, apresentada por dez representantes da oposição. Eles criticam irregularidades financeiras e administrativas.

O Kuwait está sujeito a uma instabilidade política há mais de uma década, período marcado por reiteradas dissoluções do Legislativo e por várias eleições antecipadas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP