Visa, Mastercard, eBay e Stripe anunciaram nesta sexta-feira (11) que estão abandonando a Libra, movimento que representa um duro golpe no projeto de moeda digital de Facebook, previsto para o meio de 2020.

As empresas do setor de pagamentos bancários Visa e Mastercard, a plataforma de comércio on-line do eBay e os serviços de pagamento Stripe confirmaram à AFP o abandono do projeto, seguindo os passos do PayPal, que deixou de ser parceiro do Facebook na operação na semana passada.

"Vamos seguir avaliando a situação e tomaremos nossa decisão final com base em vários fatores, incluindo a capacidade da associação de responder plenamente a todas as expectativas dos reguladores", disse um porta-voz da Visa.

A Libra espera oferecer um novo modelo de pagamento sem acesso ao sistema bancário tradicional permitindo a compra de bens ou envio de valores como se fosse uma mensagem eletrônica.

As quatro empresas renovaram paralelamente seu apoio às ideias básicas do projeto, como a democratização do acesso aos serviços financeiros e o desenvolvimento das criptomoedas.

"A composição da associação pode ser ampliada e mudar com o tempo, mas os princípios fundadores da governança e da tecnologia da Libra, assim como a natureza aberta do projeto, permitem assegurar a resiliência da rede de pagamento Libra", comunicou Dante Disparte, da associação Libra.

"A viagem será longa e difícil", admitiu Disparte na sexta-feira passada após a saída do Paypal, e acrescentou que é necessário "audácia e certa força moral para empreender um projeto tão ambicioso como a Libra".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.