AFP

Escritório da Clariant em Muttenz, em foto de 14 de novembro de 2006

(afp_tickers)

O grupo químico suíço Clariant anunciou uma fusão com a americana Huntsman, em um negócio que criará um novo gigante do setor, que pode registrar um volume de negócios de 13,2 bilhões de dólares.

Os conselhos de administração dos dois grupos aprovaram por unanimidade um acordo definitivo para a fusão, anunciou a Clariant em um comunicado.

A operação será concretizada em sua totalidade na forma de ações.

O novo grupo, avaliado em 20 bilhões de dólares, terá sua sede social na Suíça, em Pratteln (região da Basileia), enquanto a diretoria de operações permanecerá no Texas (Estados Unidos).

As empresas esperam concretizar a fusão até o fim do ano.

"É a transação perfeita em um bom momento", afirmou Hariolf Kottmann, diretor geral da Clariant.

Kottmann será o presidente do conselho de administração, enquanto Peter Huntsman, atual presidente da Huntsman, assumirá a direção do grupo.

A nova empresa, com o nome HuntsmanClariant, terá cotações na Bolsa suíça e em Nova York.

AFP

 AFP