Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O negociador-chefe, Ivan Márquez, lê declaração para outros líderes das Farc na cerimônia de encerramento da 10ª Conferência Nacional da Guerrilha, em Llanos del Yari, departamento de Caqueta, em 23 de setembro de 2016

(afp_tickers)

A guerrilha colombiana das Farc deu seu apoio unânime ao acordo de paz alcançado com o governo de Juan Manuel Santos para por fim a 52 anos de conflito armado, anunciou nesta sexta-feira Iván Márquez, o negociador chefe dos rebeldes nos diálogos de Cuba.

"Os guerrilheiros e guerrilheiras deram seu apoio unânime ao Acordo Final de Havana", assinalou e, citando solenemente o escritor colombiano Gabriel García Márquez, acrescentou: "Acabou-se a guerra. Digam a Mauricio Babilonia que já pode soltar as borboletas amarelas".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP