Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto tirada em 5 de maio de 2011 mostra helicóptero russo que caiu em 26 de outubro de 2017, em Barentsburg

(afp_tickers)

Um helicóptero russo caiu nesta quinta-feira no mar do arquipélago norueguês de Svalbard, no Ártico, e provavelmente afundou, informou o serviço de resgate do país nórdico, que busca os oito ocupantes da aeronave.

Todas as oito pessoas a bordo, de nacionalidade russa, segundo a imprensa de seu país, continuavam desaparecidas seis horas depois de o acidente ser reportado.

As chances de sobrevivência diminuíam rapidamente, em uma região onde a temperatura do ar e da água costuma estar em torno dos 0ºC.

"O risco de morte por hipotermia aumenta de forma exponencial", declarou à AFP o chefe de operações, Tore Hongset. Mas "até que saibamos realmente o que aconteceu, as buscas continuam como se houvesse possibilidades de encontrar pessoas com vida", acrescentou.

O avião desapareceu a dois ou três quilômetros das costas de Barentsburg, uma comunidade russa no arquipélago de Svalbard, indicou o Centro norueguês de resgate.

Um helicóptero e embarcações norueguesas foram enviados ao local do acidente, acrescentou, onde os trabalhos de busca continuavam na noite desta quinta-feira.

Trata-se de um Mil Mi-8 russo, com base permanente perto de Barentsburg.

Segundo Tore Hongset, vários indícios levam a pensar que o helicóptero afundou: uma mancha com forte cheiro de combustível foi localizada na água, havia bolhas subindo à superfície e um sonar detectou um objeto no fundo do mar.

A profundidade é de mais de 200 metros, e é necessária a intervenção de um robô submarinho, indicou.

O Tratado de Paris de 1920 confere soberania sobre Svalbard à Noruega, mas também estipula que os cidadãos de todos os Estados signatários podem exercer sobre essas terras "e suas águas territoriais" atividades econômicas em condições de igualdade.

Em virtude desta regulamentação, a Rússia explora carvão em Barentsburg, uma comunidade que conta com várias centenas de mineiros russos e ucranianos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP