Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Plataforma petrolífera norueguesa de Sleipner, no Mar do Norte, em 15 de maio de 2008

(afp_tickers)

Uma perfuração em território uruguaio permitiu detectar pela primeira vez a "presença de hidrocarbonetos" no país, 100% dependente da importação para sustentar seu consumo da commodity, informou a Presidência nesta sexta-feira (20) em um comunicado.

Trata-se "do primeiro polo exploratório onshore (em terra) em 30 anos no Uruguai e o primeiro no qual se descobriu a presença de hidrocarbonetos. Apesar disso, ainda falta determinar se a descoberta é comercializável", indica a nota.

Contudo, tendo em vista o método utilizado, a descoberta "deve ser confirmada com provas diretas", completa.

O poço fica no norte do país, no departamento de Paysandú, a cerca de 400 km de Montevidéu, e tem 845 metros de profundidade.

O Uruguai já buscou petróleo em sua plataforma continental, sem sucesso.

Com 3,5 milhões de habitantes, o Uruguai é completamente dependente do petróleo que importa, por não ter jazidas próprias de hidrocarbonetos. O combustível à venda está entre os mais caros do mundo - um litro de gasolina custa quase 1,6 dólar.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP