Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Holandês Frans Timmermans assume liderança dos socialistas europeus

O holandês Frans Timmermans, em Estrasburgo, em 24 de outubro de 2018

(afp_tickers)

O holandês Frans Timmermans foi proclamado, neste sábado (8), chefe da bancada dos socialistas para as eleições europeias de maio de 2019, durante o Congresso do Partido Socialista Europeu em Lisboa.

Único candidato após a retirada do eslovaco Maros Sefcovic, no início de novembro, o ex-ministro das Relações Exteriores da Holanda, de 57 anos, foi designado por aclamação "candidato comum" da família socialdemocrata europeia.

Seus seguidores aplaudiram-no calorosamente durante o 11º Congresso da Família Social-Democrata em Lisboa.

"Estou consciente do peso nas minhas costas, mas com esta família por trás de mim, não posso errar", declarou Timmermans em seu discurso de posse depois das falas dos chefes de governo socialistas no poder - em Malta, Joseph Muscat, na Espanha, Pedro Sánchez, e em Portugal, Antonio Costa.

Sánchez destacou que é uma "honra" para a família socialista ser representada por Timmermans, "um homem que defende todas as liberdades", nas próximas eleições europeias.

O vice-presidente da Comissão Europeia terá a árdua tarefa de representar os social-democratas europeus, que recentemente têm tido péssimos resultados eleitorais.

Timmermans vai concorrer com o alemão Manfred Weber na disputa para suceder Jean-Claude Juncker à frente da Comissão Europeia. Weber foi designado líder do Partido Popular Europeu (PPE, de direita) no começo de novembro.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.