Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Membros da Usar, uma força holandesa de socorro e resgate, preparam-se para embarcar para Sint Maarten, após passagem do Irma

(afp_tickers)

Os holandeses já doaram, até este sábado (16), mais de 13 milhões de euros para financiar a ajuda aos habitantes de Sint-Maarten - a parte holandesa da ilha de St. Martin, devastada pelo furacão Irma.

O diretor da Cruz Vermelha da Holanda, Gijs de Vries, comemorou, em declaração à televisão pública, este "excelente resultado" para este pequeno país de 17 milhões de habitantes, "unido e solidário com as vítimas desse furacão que destruiu tudo".

As maiores redes de rádio e televisão do país, públicas e privadas, dedicaram sua programação à causa, convidando a populaçao a fazer doações.

"O dinheiro obtido servirá para a compra e para a distribuição de artigos de primeira necessidade, como água, alimentos, barracas de campanha e produtos sanitários", explicou a Cruz Vermelha ao lançar seu apelo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP